segunda-feira, 17 de março de 2008

Meus delírios mentais diários

Tem dias que me perco entre meus desejos e a realidade.

E vivo, por alguns instantes, a euforia de uma vida só minha.
Minha fuga é essa ficção particular.

A única, talvez, capaz de trazer um sorriso.

Através desses delírios consigo alivio e redenção.

Com essas fantasias consigo um conforto passageiro. Um sorriso instantâneo. Uma emoção de cinema. Nessas fantasias eu consigo sentir.

Mas não passa disso. De momentos. De pequenos instantes. De pequenos sonhos. De alguns delírios e nada mais.

Sonhos que não se realizam e que me deprimem. Sonhos que não passam de uma historinha criada pela minha mente em momentos de depressão.

Uma medida compensatória para auxiliar minha insignificante existência.

São meus delírios mentais diários que ainda me mantêm ligada a esse planeta.

0 comentários:

Postar um comentário

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR