quarta-feira, 12 de março de 2008

O Coração e a Matriz

Aquela sensação de realização.

Sensação de pleno afeto.

De verdade.

De amor.

Aqueles desejos.

As declarações.

Tudo não passou de sonho.

De um efêmero momento de fraqueza.

A esperança nasceu naquela troca de palavras, naquela troca de toques. Tudo muito passageiro.

Nenhuma verdade.

Apenas uma maneira clássica de ludibriar um eterno coração apaixonado.

Um encontro casual não pode ser capaz de resgatar toda aquela paixão.

Apenas a vontade da idealização de reviver uma historia morta transforma mentira em esperança.

A volta do coração para a matriz não passa de uma ação mecânica, rotineira, concreta e segura.

A volta par a matriz faz enterrar aquele desejo primitivo.

0 comentários:

Postar um comentário

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR