quarta-feira, 14 de maio de 2008

Sobreviver

-Para onde ir quando já se foi longe demais?

-Francamente! Não posso acreditar que essas palavras saíram da sua boca.
Só falta agora você me dizer que está velho demais para continuar saltando de pára-quedas?

-Bom você tocar no assunto. Esse final de semana, acho melhor não participar do salto com o grupo.

-Posso saber o por quê?

-Porque eu sonhei que me estatelei no chão, tudo porque o pára-quedas não abriu. Acho melhor parar com essa mania de esportes radicais! Vai que o sonho foi um presságio... melhor não arriscar.

-Sabia! Você assumiu a coleira. Pior, permitiu que aquela maluca da sua noiva fizesse uma lobotomia em você. Que foi? Vai dizer que de repente tem medinho de morrer?

-Como você é infantil! Que coleira o que. Ninguém me diz o que fazer. E claro que tenho medo de morrer... Credo.
Ainda tenho muito o que viver e, não posso ficar me arriscando nessas loucuras que a turma inventa. Chega! Vou construir uma família, quero filhos. Já não posso mais andar por ai como um adolescente enfurecido. Eu tenho que me preservar.

-Isso ai. Preserva mesmo. E preserva bonito, porque viver meu amigo, já não é mais pra você. Agora você só sobrevive! E com medo! De coleira.

2 comentários:

  1. Pq tem gente q insistimos em salvar hein? e no fim nem levamos as honras do mérito..no fim eles querem mesmo "sobreviver", afinal ser livre, transgredir, tem um preço muito alto.
    Bom final de semana pra vc.
    eu to bem sem texto, um marasmo...

    ResponderExcluir
  2. É que falta coragem de desistir de alguns pedaços da vida.

    ResponderExcluir

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR