sábado, 7 de junho de 2008

Ser diferente

O que diverte essa vida é o ser diferente.
Mesmo que o diferente signifique ficar nervoso, ficar ansioso, ficar com vergonha, ser tachado de esquisito, e ser a sentença do julgamento dos outros.
É muito melhor ser o diferente esquisito do que um fulaninho sempre cinza, sempre igualzinho, sempre chatinho. Uma coisa besta e quadrada, que pode ser substituída por qualquer outro.

0 comentários:

Postar um comentário

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR