terça-feira, 16 de dezembro de 2008

É muito o que não sei

Perdi as palavras. E isso não é normal. Mas o impacto, a surpresa do momento transformou toda minha certeza em... em... não sei o que.
A sua imagem na TV. A sua declaração, O seu nome. As suas palavras.
Não sei o que pensar. Perdi a linha quando sua voz entrou nos meus ouvidos. Perdi as sensações quando escutei o nome. E eram declarações que em nada me atingiam, que não modificariam minha vida. Contudo, era você. Era você.
E sempre foi você que me transformou na boba inerte. Sempre você me fazendo perder as palavras.
Dentro daquela caixa da ficção você veio e me tirou do meu mundo. Me deixou com uma incógnita pela manhã. 
Sua imagem e eu perdi todas as minhas queridas palavras. No susto. No silencio. Na aflição percebi a falta da sua aliança. O que eu ainda não sei?

0 comentários:

Postar um comentário

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR