segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Quanto tempo há de durar essa fobia à confiança?
Quanto tempo há de persistir a insatisfação a rotina?
Quanto tempo ainda transitarei por muitos nomes?
Será que ainda há tempo para aquietar a insegurança e permanecer fiel a um unico corpo?
Será que não é muito mundano ser como todos?

Um comentário:

  1. Por mais que a gente descubra todas essas coisas, ainda aparecerá outras perguntas.

    ResponderExcluir

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR