quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Em processo de mudança

Curioso como uma antiga lembrança ou uma antiga conversa é capaz de instigar todo um processo reflexivo. E foi uma dessas antigas lembranças que serviu de gatilho para minhas atuais reflexões.
No meu passado, não muito distante, recordo de uma conversa com uma amiga, na qual eu muito nervosa encerrei com a frase alguns sonhos se perdem pelo caminho. Lembro-me perfeitamente porque a disse, inclusive, me recordo do aperto que senti no peito quando a disse. Enfim, anos passaram-se, e mais uma vez repeti a frase. A repeti mais como tentativa de justificar a situação, ou a minha insatisfação, mas o que vem ao caso é o que essas lembranças estão me proporcionando. A partir delas deu-se toda uma analise critica e reflexiva das minhas ações (no caso, omissões), que me conduziram a essa situação de intensa insatisfação, e mesmo que anteriormente tenha percebido que minha atual posição é consequência direta dessas minhas ações, eu continuei apenas lamentando.
No entanto, como “disse”, tenho percorrido o passado com olhos mais apurados e críticos, e isto tem favorecido minha reorganização mental para inverter esse estado de apatia sufocante no qual me encontro. Assim, contrariando a vontade, expectativas e sonhos de terceiros, venho me posicionando em busca de um respirar aliviado. E o primeiro passo foi dado no momento que troquei a área jurídica por uma nova empreitada. Agora faço o caminho de volta para meus sonhos perdidos, e mesmo sabendo das dificuldades  e da insegurança financeira, sinto um alivio e uma felicidade que nunca experimentei, entende?

5 comentários:

  1. Talvez os sonhos não se percam... nos é que, às vezes, nos perdemos deles...
    Hora de reencontrar alguns deles...! :)

    ResponderExcluir
  2. muito agradecida por 'filiar-se' a mim e proporcionar-me novas e instigantes leituras. mas devo confessar que sofro do mal da curiosidade, e gostaria de saber como chegou até minhas linhas tortas não em forma.

    há braços.

    ResponderExcluir
  3. Gostei de ler isso.

    Sabe que eu também estou prestes a largar da profissão e me aventurar num sonho. Só me falta um empurrãozinho. Admiro sua coragem!

    Boa sorte na nova empreitada :)

    ResponderExcluir
  4. Daniel, tens razão. Nós que nos perdemos dele...mas sempre há um suspiro que nos ajuda a resgata-los do esquecimento.

    Pois então Bruno, meu empurãozinho chegou um pouco tarde, mas ainda tenho fôlego para correr e ainda suportar as dores de cabeça proporcionadas, e olha que são muitas, no entanto, sinto que foi a melhor decisão.

    ResponderExcluir
  5. pois então volte mais vezes, dona beleza.

    ResponderExcluir

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR