sábado, 10 de setembro de 2011

Quando penso demais

Tenho impressão, as vezes, que pensar demais não é muito favorável ao meu convívio com as demais pessoas da humanidade. Sério. O lance de relacionar-se, em razão do meu constante pensar e teorizar, não está em níveis considerados mínimos para exigências de sobrevivência. O que é tenso demais. Doloroso demais. Incomodo demais. E eu tento, tento mesmo, frear alguns impulsos racionais quando o que é pedido é o lance emocional, mas é inevitável, se eu descuido volto para a minha concha mental e afasto a todos. 
Como posso então te amar se mal consigo te manter por perto? 

0 comentários:

Postar um comentário

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR