sábado, 14 de setembro de 2013

Desabafos

Passei por um período que eu era mais infeliz do que feliz. Não me sentida bem comigo, com a vida, com as pessoas, com as minhas relações. Mas isso passou. Tem uns quatro anos que mudei muito e, consequentemente, muita gente não curtiu a mudança, afinal, aprendi a falar não, a impor minha vontade, a curtir o que eu era e sou, e isso não é de todo bom aos olhos de alguns familiares e amigos. E apesar dessa não aprovação e apoio, consegui resgatar minha identidade e autoestima, afastei aquela sensação que sempre tinha de ser uma perdedora, aquela sensação de desespero de quem se afoga. E fazia tempo também que não sentia a sensação de derrota, mas, hoje, chego em casa com o peito arrasado, com a vontade de desistir daquilo que me deu o "gás" para prosseguir. Hoje experimento aquela sensação que pensei ter abandonado: a vontade de não existir. 
É um dia difícil... Um dia que precisa de desabafos.     

2 comentários:

  1. entendo perfeitamente tudo que vc escreveu. constantemente tenho esses ápices de paz e tristeza em questão de segundos. e sempre que eu acho que tô legal, vem a vida e me prova que era só "pegadinha do malandro". mas com o tempo vc se acostuma, e aprende a lidar.
    acho.

    uma vez li assim "eu minto que está tudo bem, porque um dia a vida me convence que é verdade". Vale a pena tentar né?

    espero que esteja melhor.

    ResponderExcluir
  2. Engraçado que passo pelo mesmo o momento agora, de me sentir mal e depreciada por ter sempre que desviar de discussões sendo que para tanto, preciso concordar com tudo o que ouço. Onde buscar coragem?

    ResponderExcluir

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR