sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Desistindo

Não acredito que tenha sentimento pior do que desistir de pessoas. O ódio ainda é alguma coisa, mas a desistência... essa significa já não se importar, não ser afetado. Desistir de pessoas é o inicio de ignora-las, é como não se importar nem em conhece-las. E nesse ano tenho esse sentimento, ou falta de (sentimento) por algumas pessoas. Esse ano desisti de muitas pessoas, e aparentemente tenho vivido melhor, mais leve. 

4 comentários:

  1. Eu também acredito que a pior coisa é desistir das pessoas, mas aprendi a fazer isso, com dor, muita dor, mas aprendi... Ainda acho terrível me sentir leve depois de aprender a ser indiferente a uma pessoa que um dia foi amada, mas fazer o que? As vezes é uma questão de sobrevivência emocional desapegar de certas pessoas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pandora, essa sensação pós desistência é mesmo conflituosa, a leveza e a culpa. Mas é um processo de aprendizagem mesmo.

      Excluir
  2. É difícil, mas muitas vezes necessário. Dói, machuca demais, principalmente se antes de existir essa vontade de desistir, essas pessoas se fizeram importantes em algum momento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É flor, o ponto crucial é "pessoas que se fizeram importantes".
      Obrigada pelas palavras.

      Excluir

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR