terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Entrega

Os olhos dele me devoram. Me consomem em segundos. E francamente, é difícil resistir. Incompreensível o domínio que aquele olhar tem sobre meu corpo, e ao final, eu não resisto.
Inexplicável como em tão pouco tempo, em encontros tão esporádicos, nasceu tanto deslumbramento. 

Ele diz que é amor.  Eu digo que é loucura. E entre as investidas dele e as minhas tentativas de fuga tem aquele espaço do olhar. E eu não resisto. Há a minha total entrega.

3 comentários:

  1. Entrega.
    Eu gosto dessa palavra.

    Entrega
    Sem trégua.

    ResponderExcluir
  2. Tenho medo da entrega. Às vezes, a gente se entrega para cada idiota... Mas é a melhor coisa do mundo.

    ResponderExcluir
  3. A mente diz que não... o corpo diz que sim... ai que maravilha!!
    Vamos nos entregar então!!

    ResponderExcluir

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR