terça-feira, 20 de novembro de 2007

Pensei que o tempo fosse ser mais ameno comigo, porem me enganei completamente.
Quando percebi, tinha sido nocauteada pela idade e vi os meus sonhos tombarem na lona.
Já me dei por derrotada!
É mais um sonho que se perde no caminho. Não é nem o primeiro e não será nem o ultimo, mas doí dar adeus a minha paixão.
Passei dessa idade de sonhar, como diz todos que me conhecem.
Cheguei à época de assumir responsabilidade. De ter um emprego. De ser independente. Cheguei à época de constituir família e viver infeliz! Cheguei à época de adotar a postura mais mundana possível- ser como todos, viver como todos, mais um rosto anônimo e trivial perdido na multidão.
Mas francamente, acho que nunca entenderei esse conceito da obrigatoriedade de trabalhar. Obrigatoriedade de crescer, sair de casa, assumir responsabilidade, ter uma família e pronto, ser mais uma engrenagem na sociedade.
Não consigo admitir que esse processo vá minando uma parte esperançosa e alegre. O sonho acabou! O prazer "do nada" perde o sentido. A agonia de envelhecer
E embora digam que nunca é tarde para recomeçar. Que o sonho ainda pode se realizar. Eu não tenho certeza se quando isso ocorrer será
Pode ser até verdade, mas quem costuma dizer isso já possui estabilidade financeira, coisa da qual eu só ouvi falar.
Economicamente falando, meu sonho se tornou inviável. E se tiver que esperam para vê-lo realizado após a terceira idade, digo desde já: de que me adianta. Basta ser feliz apenas 50% na vida?

0 comentários:

Postar um comentário

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR