sábado, 17 de novembro de 2007

E o que é a vida?

Eu gosto muito quando tenho tempo. E as pessoas me deixam sossegada. E ai, eu posso relaxar e ficar pensando. Mas sinceramente, minha cabecinha é um pouco confusa e perturbada. Quase sempre me perco nos meus pensamentos.
Eu poderia ficar horas e horas sozinha, apenas pensando. Em um estado de transe mental!
Não pense que eu fico fazendo planos, sonhando, ou pensando nele...
Na verdade, eu fico tentando entender o porquê das coisas. A razão de tudo. Explicações, e razões... que perambulam pelo meu ser.
Tanta coisa se passa pela minha cabeça que até parece que estou sendo atropelada pelas idéias.
Geralmente os por quês flutuam com muita intensidade e me instigam na procura de uma resposta que teima nunca chegar.
Fico imaginando o que pode ter levado o "Dono" do mundo a povoá-lo com as pessoas! Será que estava entediado? Será que precisava ser entretido com algo? E por que o final é sempre o mesmo, ou seja, a morte? Quanta falta de imaginação! Diretor mais sem criatividade!
Se nascemos, crescemos e morremos, e isso ocorre com todos, por que tentamos combater o tempo?
Por que toda vez que conseguimos ter dinheiro para enfim nos divertir ou comprar aquele objeto tão desejado, nunca temos tempo para aproveitar? E quando nos apaixomamos, sempre aparece alguém na frente, por quê?
Por que temos que estudar, e estudar, e estudar só pra depois ter que ir trabalhar, e ai, pra continuar trabalhando tem que estudar mais?
E por que as coisas boas parecem que só acontecem com os outros e com nós tudo aquilo que dá errado? É fato!
Alguém saberia dizer por que o tempo é tão carrasco e nos maltrata constantemente, e o único conforto capaz de combater a dor causada é a saudades e as lembranças?
Mas o que eu nunca vou conseguir entender é o nosso propósito de existir.
Nossa razão de crescer. Evoluir. Ter que trabalhar. Transmitir essa tão ordinária herança genética. Para enfim, morrer.
E o pior que isso é uma eterna constante. Uma rotina entediante e absurdamente igual em todos os cantos do mundo!
É uma padronização chamada vida.
E eu, perdendo esse meu precioso tempinho tentando encontrar resposta que aparentemente só chegarão quando eu morrer, e isto se eu tiver sorte e realmente existir algo além...
Mas enquanto as respostas não chegam continuo tentando me enquadrar nessa dança tão mal coreografada que é a vida. E tentando entender o que é a vida!
E então, o que é a vida?

0 comentários:

Postar um comentário

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR