quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

O menino e o pé de alface

Dizem que tenho uns lances muito esquisitos. Pode até ser verdade. Acho que seja mesmo verdade. Eu sei que sou bizarra as vezes, mas em pequenas doses, é até tragável. Mas o que anda acontecendo, por conta dos meus malditos relatórios de observação, além de "perder" meu tempo observando e olhando, tenho elevado a outro expoente minha não interferência na vida alheia, apenas no intuito de estudar o "qualé que é" do fulano.
Dia desses, eu toda despreocupada, fui no supermercado (coisa que odeio de paixão!). 
Final de semana, local lotado, e sabendo de antemão que a probabilidade de perder a pouca paciência que me resta,  preparei meu espirito para lidar com pessoas que desconhecem o protocolo de filas e da boa educação, e comecei as comprinhas com o frase na cabeça: Respira fundo, e calma!
Para minha surpresa nem me aborreci. Culpa, mesmo,  dos relatórios de observação, que me treinaram para um olhar mais apurado e que me serve de estopim para inúmeras reflexões sobre o comportamento dos outros, do que por qualquer outra razão.
O que ocorreu foi o seguinte: já tinha deixado a fila depois de pesar os legumes e frutas, quando percebo lá no final um jovem, todo arrumadinho segurando um pé de alface, esperando sua vez para ser atendido. 
E eu, lá no meu canto, fiquei pensando, será que ele está na fila só pra pesar o pé de alface?
Claro, que meu bom senso me mandou ficar esperando (pra isso eu espero sem reclamar!) só pra ver se minhas deduções estavam corretas. 
Aproximadamente uns cinco minutos observando o rapaz e a fila. Quando chegando na vez dele, vem a confirmação. 
-Moço, alface não pesa. 
-Ah não?
-Não.
Todo serelepe e sem se importar com o "então fiquei na fila a toa!", o sujeito foi embora com seu pé de alface.
E eu fui para o caixa me matando de rir do menino e sua alface. Nem percebi o tempo que fiquei na fila. Mas estava doida pra sair dali logo e comentar com os amigos aquilo de pesar o pé de alface.

2 comentários:

  1. Obrigado por dividir isso comigo, estou rindo de verdade rsrsr.

    ResponderExcluir
  2. Pôxa...

    Tadinho. Risos.

    Incrível como ficar na fila de um supermercado rende coisas gostosas.

    Beijos.

    ResponderExcluir

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR