sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Coitado do palhaço

Meu medo de palhaço supera o bom senso. Deve existir qualquer explicação de divã que ponha fim nesse panico insano, mas até agora não a busquei. 
Chega a ser patético!
A gargalhada que recebo quando confesso esse meu temor vem sempre acompanhada de um: SÉRIO? Mas por quê? 
Não tenho respostas, apenas desculpas, que oferece com acanhamento infantil.
E quando racionalizo, nada mais obvio do que ter medo de tal criatura, afinal, pintar a face e esconder o olhar e a tristeza numa bocona vermelha de riso só pode gerar nos demais seres pavor, não é mesmo?
.......
Acho que entendi, não é de palhaço que tenho medo, deve ser de pessoas! 
Coitado do palhaço!  Só queria me dar o riso, mas me dá o medo.

Um comentário:

  1. Você teme apenas o oculto, o fingido, as máscaras... Não que isso seja ruim, nem que seja bom. É até certo ficar de olhos abertos para qualquer coisa - mesmo que sejam os diminutos olhos de um palhaço.

    ResponderExcluir

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR