sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Quando se tem 18

Quando se tem 18 anos o mundo é uma porta de possibilidades.

Tudo é possível de ser feito, de ser realizado, de ser conquistado.

Na veia o sangue cavalga em uma velocidade acelerada, querendo abraçar tudo e ao mesmo tempo.

Deixar para depois é sinal de covardia. Aos 18 tem que ser agora. Nunca pode ser depois. Essa historia de futuro é que fica para depois.

O brilho do olhar é contagiante.

As vontades, os desejos, a vida... tudo é muito. E vive-se sem medo.

Medo da morte, sem medo de perder, sem medo de não ser bom.

A vida é repleta de paixões. Cheia de sonhos. E idéias.

Mas depois que se passa dos 18 fica-se com a impressão que o mundo adoeceu.

Que a vida pereceu.

Que sangue apenas segue um ritmo cadenciado, vagaroso!

0 comentários:

Postar um comentário

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR